Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

08 de Maio de 2019

Chuvas retornam para cidades do PR após mais de 2 meses, mas milho safrinha já acumula perdas de 20%


As chuvas retornaram na região Sul do Brasil nos últimos dias, apesar dos maiores volumes ainda ficarem mais localizados sobre o estado do Rio Grande do Sul. No entanto, precipitações fracas chegaram a ser registradas em cidades produtoras paraenses que estavam sem chuvas acima por mais de dois meses.

É o caso de Maringá (PR). A cidade do Centro-Norte do estado recebeu a última chuvas fracas nesta semana e a última acima de 10 mm foi no final de abril. Antes disso, o registro de chuva acima de 10 mm ocorreu em 26 de fevereiro, mais de dois meses atrás, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Em todo o mês de abril, a cidade acumulou mais de 50 mm de chuva, volume abaixo da média histórica (1961-1990), que aponta cerca de 130 mm para o período. O mapa de precipitação acumulada do Inmet mostra que nos últimos 30 dias as chuvas no Paraná ficaram mais localizadas sobre a parte Sul do estado.

osé Antônio Borghi, presidente do Sindicato Rural de Maringá/PR, disse ao Notícias Agrícolas que as esperanças eram bastante positivas para a safrinha de milho neste ano. No entanto, sem chuvas, o desenvolvimento das lavouras é prejudicado. O cenário em Maringá tem sido de frustação nas últimas safras.

Na reta final do plantio do milho safrinha, no meio de março, os produtores da região esperavam colher em média 100 sacas por hectare, mas algumas áreas do município registraram até 40 dias sem chuvas e essa expectativa já caiu para 80 sacas, 20% a menos do que se esperava inicialmente.

Veja mais:
» Quebra de 20% é esperada para o milho safrinha em Maringá/PR após 40 dias sem chuvas

Além de Maringá (PR), outras cidades produtoras também enfrentam condição adversa. Em Castro (PR), chuvas fracas foram registradas nesta semana e o último registro de mais de 10 mm foi no final de abril após vários dias de seca. Em abril, o acumulado de chuvas ficou abaixo de 50 mm, quando a média histórica aponta para cerca de 100 mm.

Na região Oeste do Paraná, as chuvas também foram escassas nos últimos dias. O registro de precipitações fracas na cidade de Marechal Cândido Rondon (PR) ocorreu nesta semana. Antes disso, as chuvas mais volumosas, acima de 10 mm, haviam ocorrido no início do mês de abril, segundo dados do Inmet.




Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site