Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

12 de Setembro de 2018

Setor produtivo cobra maior valorização do Ministério da Agricultura no próximo governo

Reivindicação é para que o Mapa seja uma das três principais pastas da nova gestão


O presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antônio Pitangui de Salvo, defendeu nesta terça-feira (11), em painel na Conferência Internacional de Pecuaristas (Interconf), em Goiânia (GO), que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) seja uma das três principais pastas do próximo governo.



Segundo o dirigente, o setor agropecuário precisa estar entre as prioridades do próximo presidente. Na oportunidade, Pitangui também falou das ações da entidade direcionadas aos pequenos, médios e grandes produtores, atuando em todos os elos da cadeia.

“Precisamos fazer um trabalho forte e mostrar para o mundo que os agricultores e pecuaristas brasileiros produzem de forma sustentável e eficiente. É necessário separar o debate técnico do debate ideológico”, disse.

O ex-diretor executivo da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vaccari, afirmou que “o país deveria aplaudir, todos os dias, a qualidade do produtor rural, enaltecendo as coisas boas e trabalhando para reduzir as falhas”.

Participaram também do painel, o presidente em exercício da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), Bartolomeu Braz Pereira, e o presidente da Comissão de Pecuária da FAEG, Maurício Velloso.



Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site