Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

09 de Agosto de 2018

Lucratividade da soja segue "magnífica"

"Ano raro, em que todos os grãos estão com preços magníficos e a lucratividade do agricultor em alta"


As cotações da soja tiveram nesta quarta-feira (08.08) um dia de ganhos no mercado físico brasileiro, no equilíbrio entre as quedas do Dólar e a alta da Bolsa de Chicago. De acordo com os índices do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), apurados junto aos diversos participantes do mercado, o preço de exportação subiu 1,77% nos portos e 0,77% no mercado interno.


Segundo destaca o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, na gangorra diária em que se movimentam os preços da soja, as quedas de 0,07% do dólar e de 4,27% nos prêmios para setembro não impediram os preços da soja de subirem para R$ 88,75/saca nos portos e para 82,53/saca nas praças do interior do País. 

“Este é um ano raro, em que todos os grãos estão com preços magníficos e a lucratividade do agricultor em alta, tanto na soja, como no milho e no trigo”, disse um dirigente de cooperativa que pediu para não se identificar. “O momento é de se aproveitar as lucratividades”, continuou o dirigente: “E nossos agricultores estão aproveitando, graças a Deus!”. 

Para Pacheco, no caso específico da soja, com preços que raramente baixam de R$ 80,00/saca, tanto para esta como para a próxima temporada, as lucratividades dos agricultores continuam altas e eles acertadamente já venderam praticamente toda a safra atual e mais volumes significativos da próxima safra. 

O analista da T&F Consultoria Agroeconômica sustenta que os lucros continuam ao redor de 55% para os agricultores de SP, entre 40% e 50% para os agricultores do PR, SC, MS e MG e entre 30% e 40% para os demais estados brasileiros. 


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site