Fertilizantes: Queda na demanda mundial pode baixar preços no Brasil



“A expectativa de desaceleração na demanda global por fertilizantes em função da queda nas cotações das principais commodities pode ser refletida nos preços dos insumos pagos pelo produtor brasileiro”. A avaliação é do Rabobank Brasil, através de estudo “Perspectivas para o Agronegócio Brasileiro 2015”. 

“No mercado interno, o menor crescimento na demanda de fertilizantes, aliado à ampliação das importações, pode resultar em estoques relativamente confortáveis no início de 2015. Isso restringe o potencial de alta das cotações de adubo no mercado interno, pelo menos no primeiro semestre”, explica o banco especializado em agronegócio. 

“Entretanto, assim como verificado nas duas últimas safras, o dólar mais firme pode impedir que a queda nas cotações internacionais de fertilizantes seja refletida nos preços de adubo no mercado doméstico”, conclui a projeção da instituição financeira.

fonte: Agrolink