Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Agenda de Cursos

11 de Fevereiro de 2019

Trabalhador na Segurança no Trabalho- brigada de incêndio avançado

DATA: 11 A 15/02

LOCAL: USINA STA TEREZINHA
INSTRUTOR: CLOVIS BIASUZ

Modalidade: Formação Profissional Rural

Natureza da Programação: Aperfeiçoamento

Tipo da Programação: Treinamento

Linha de Ação: Atividades de Apoio Agrossilvipastoril

Área Ocupacional / Atividades: Segurança no trabalho

 

Objetivo: Formação da brigada de incêndio para atuar na prevenção e no combate ao princípio de incêndio, abandono de área e primeiros socorros.

 

Público Alvo: Trabalhador e Produtor Rural

Carga Horária: 40 horas.

Vagas: 10 a 20 alunos

Pré-Requisitos:

  • Saúde: Preferencialmente ter boa condição física e boa saúde.
  • Idade mínima: 18 Anos.
  • Escolaridade / Curso: Ter ensino fundamental, podendo ser incompleto.

 

Conteúdo Programático:

- Parte teórica de combate a incêndio: introdução, aspectos legais, teoria do fogo, propagação do fogo, classes de incêndios, prevenção de incêndio, métodos de extinção, agentes extintores, EPI - equipamentos de proteção individual, equipamentos de combate a incêndio, equipamentos de detecção/alarme/iluminação de emergência/comunicações, abandono de área, pessoas com mobilidade reduzida, riscos específicos, psicologia em emergências, sistema de controle de incidentes, emergências químicas e tecnológicas (quando pertinente). 
- Parte prática de combate a incêndio: classes de incêndios, métodos de extinção, agentes extintores, EPI - equipamentos de proteção individual, equipamentos de combate a incêndio, equipamentos de detecção/alarme/iluminação de emergência/comunicações. 
- Parte teórica e prática de primeiros socorros: avaliação inicial, vias aéreas, RCP (reanimação cardio pulmonar), hemorragias, queimaduras e movimentação, remoção e transporte de vítimas. 
- Parte teórica e prática de resgate de vítimas em espaços confinados: normas, procedimentos, técnicas e equipamentos. 
- Parte teórica e prática de resgate de vítimas em trabalho em altura: técnicas e equipamentos.

 

CARTILHAS E MATERIAIS FORNECIDOS PELO SENAR (KIT):

• MA.0031 Luvas de Látex para Procedimento - tamanho P: 10 unidade (s) 
• MA.0032 Luvas de Látex para Procedimento - tamanho M: 20 unidade (s) 
• MA.0033 Luvas de Látex para Procedimento - tamanho G: 10 unidade (s) 
• MC.0035 Bonés Verde - FAEP/SENAR: 20 unidade (s) 
• ME.0061 Caneta Sistema FAEP: 20 unidade (s) 
• MI.0046 Fichas de Inscrição - SENAR: 30 unidade (s) 
• MI.0091 Relatório de Ação Concluída - RAC: 1 unidade (s) 
• MI.0325 Folder – Conheça o SENAR-PR – O Futuro do Campo em suas Mãos: 20 unidade (s) 
• MI.0348 Avaliação Padrão NPT 017 – Brigada de Incêndio: 20 unidade (s) 
• MI.0349 Manual de Prevenção e Combate a Incêndio: 20 unidade (s) 
• MI.0350 Manual de Primeiros Socorros: 20 unidade (s) 

 

MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA O CURSO:

  • COOPERADO: Sala apropriada para aula teórica (energia elétrica, cadeiras, banheiros limpos, água potável para o instrutor e participantes); quadro negro ou branco; giz ou marcador. Disponibilização, em conjunto com o solicitante do treinamento, das instalações para as aulas práticas: sistema de alarme; casa de bombas; hidrantes e mangueiras; 02 extintores de CO2 (06 kg); 02 extintores de água pressurizada (10 litros); 02 extintores PQS – Pó Químico Seco (04 kg). Equipamentos de Proteção Individual (calçado de segurança, calça, camisa, capacete, óculos de segurança e luvas) e vestimentas de combate a incêndio (roupa de aproximação), quando o participante não possuir. EPI para as práticas de resgate em altura e em espaço confinado (no mínimo 03 conjuntos completos: cinto de segurança paraquedista, trava-quedas, talabarte de deslocamento em Y, conectores, capacete, óculos de segurança e luvas). Cordas de segurança, polias, conectores, fitas de ancoragem e roldanas para as práticas de resgate. Desejável: disponibilizar EPR – Equipamento de Proteção Respiratória e Plano de Emergência da Planta. Quanto melhor a estrutura e maior a quantidade de equipamentos disponibilizados, melhor será o resultado do treinamento.
  • PARTICIPANTE: EPI – Equipamentos de Proteção Individual adequado aos riscos (calçado de segurança, calça, camisa, capacete, óculos de segurança e luvas).
  • INSTRUTOR: Jaleco, colete ou camisa do SENAR; crachá (instrutor e participante); chapéu ou boné do SENAR; vídeo institucional e banner do SENAR; projetor e notebook. Equipamentos e acessórios para simulados de primeiros socorros: torso para prática de RCP; colares cervicais tamanhos “P”, “M” e “G”; prancha longa de transporte de vítimas, cintos de fixação e laterizador de cabeça. EPI para as práticas de resgate em altura e em espaço confinado (cinto de segurança paraquedista, trava-quedas, talabarte de deslocamento em Y, conectores, capacete e luvas). Materiais de combate a incêndio recomendados: cuba para fogo controlado, máquina de fumaça, jato regulável e extintor cortado.



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site