Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

28 de Janeiro de 2019

Em assembleia, presidente da FAEP elenca conquistas e aponta desafios para o futuro

Mais de 100 presidentes de sindicatos rurais participam do evento

A FAEP realiza, na manhã desta segunda-feira (28), sua assembleia-geral, que conta com a presença de lideranças sindicais de todas as regiões do Paraná. Em seu discurso, o presidente da entidade, Ágide Meneguette, destacou a importância de que o sistema sindical esteja forte e coeso. Ao longo de sua apresentação, o dirigente elencou vitórias obtidas pelo setor a partir da atuação da FAEP e apontou quais serão os desafios do futuro. A assembleia conta com mais de 100 presidentes de sindicatos rurais do Estado.

Entre as conquistas, Meneguette citou a suspensão judicial do processo de demarcação de terras indígenas no Oeste do Paraná, a aprovação do novo Código Florestal e a lei que isenta de ICMS propriedades com microgeração de energia por meio de biodigestores. O presidente da FAEP destacou ainda outras atuações, como a apresentação de prioridades da categoria aos candidatos ao governo do Paraná e os esforços para que o Estado seja reconhecido como área livre de aftosa sem vacinação.

“Milhares de produtores estão sendo beneficiados. No caso da conquista do status de livre de aftosa sem vacinação, nós mostramos à então governadora [Cida Borghetti] que o setor inteiro estava pedindo e a importância disso para o desenvolvimento do Paraná. Ela entendeu e fez os encaminhamentos”, disse Meneguette.



Futuro

Com a alternância nos governos estadual e federal, o presidente da FAEP avaliou que houve uma “virada de 180 graus em todos os setores, inclusive no nosso”. No âmbito estadual, Ágide Meneguette apontou que o foco é continuar próximo do governo do Paraná, trabalhando em prol do produtor rural. A relação com o novo governador, Carlos Massa Junior, e com o seu secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, já é positiva. Ortigara, inclusive, participa da assembleia.

“Vamos trabalhar para que essas relações sejam ainda mais benéficas para o produtor”, resumiu.

Em relação ao aspecto federal, a dificuldade será manter a sustentação do sistema sindical. Desde o ano passado, com a reforma trabalhista, a contribuição sindical se tornou facultativa. Por isso, o presidente da FAEP citou que vai ser determinante que os sindicatos estejam atuantes e transparentes, como forma de mostrar sua importância e ampliar sua representatividade.





Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site