Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

24 de Agosto de 2018

CLIMA: RS, SC, PR e MS em estado de alerta com tempestades severas

No Paraná reflexos da frente fria que avança pelo sul devem ser maiores nas regiões Central, Oeste e Sudoeste


Uma grande frente fria avança sobre a região Sul do Brasil, conforme previsto. A condição, no entanto, deve provocar mudanças severas no tempo na região Sul e em áreas do Centro-Oeste nos próximos dias. Podem ocorrer nessas localidades tempestades severas, ventania, até com risco de tornado, frio intenso, neve e geada, segundo a Climatempo.

“A situação meteorológica é preocupante porque esta frente fria vem trazendo muito ar frio de origem polar e há previsão de formação de um forte ciclone extratropical”, informa a empresa meteorológica. A queda da pressão atmosférica e o choque térmico com a aproximação de nova onda de frio facilitam as nuvens carregadas no Sul.

Lavouras de inverno estão em desenvolvimento e o milho foi plantado recentemente em áreas da região e produtores devem estar atentos com a condição meteorológica. De acordo com o último boletim da Emater/RS-Ascar, 12% das lavouras de trigo no Rio Grande do Sul estão em fase reprodutiva e apresentam boa população de plantas e bom aspecto, com boa sanidade vegetal.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de tempestades durante toda esta sexta-feira (24) em quase todo o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Paraná. “Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos”, informa.

Aviso para as áreas: Planalto Norte Catarinense, Campanha, Oeste Catarinense, Vale Do Itajai, Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior Do Nordeste, Encosta Superior Do Nordeste, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Central Paranaense, Oeste Paranaense, Sudoeste Paranaense, Sul Paranaense, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense, Litoral Norte Catarinense

A Climatempo acrescenta ainda que a frente fria sobre o Sul também pode provocar mudanças no tempo também em áreas do Centro-Oeste. O sul de Mato Grosso do Sul e a fronteira com o Paraguai, são as áreas com maior risco para chuva volumosa e ventania severa em torno de 100km/h. Há também, um risco para a formação de tornado.

“Tecnicamente, no Brasil, não é possível prever com muitas horas de antecedência o local onde o tornado poderia ocorrer. Diante das condições meteorológicas favoráveis, esse risco para ocorrência de tornado existe nesta sexta-feira”, diz a meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorim. Áreas ao Oeste de Mato Grosso e Sul de Goiás também podem receber os reflexos dessa frente fria.

Mapas estendidos do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, mostram que no período de 24 de agosto a 01 de setembro que chuvas devem ocorrer sobre o Sul. Já de 01 de setembro a 09 de setembro, menores volumes são esperados na região e uma condição mais seca predomina sobre o Brasil central.

Fonte: Notícias Agrícolas


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site