Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

26 de Junho de 2018

Sindicato Rural de Maringá participa da reunião da Comissão de Grãos da Faep

Presidentes de sindicatos e lideranças rurais de todo o Paraná participam de evento, que tem na pauta debates sobre preços, conjuntura econômica, desafios sanitários

A Comissão Técnica de Cereais, Fibras e Oleaginosas se reúne nesta segunda-feira (25), em Curitiba, na sede do Sistema FAEP. Entre os principais assuntos discutidos estão os desafios vividos por agricultores do Estado. A seca enfrentada pelos produtores entre abril e maio, o cenário de preços, conjuntura econômica e questões sanitárias são os principais assuntos da pauta dos debates.

A reunião marcou a troca de presidente da comissão. Ivo Arnt deixou o cargo e Nelson Paludo assumiu a função. Paludo abriu a reunião com um agradecimento em nome de todos os presentes pelos serviços prestados pelo agora ex-presidente. “Todos sabem da dedicação de Arnt enquanto conduziu os trabalhos aqui e nós temos muito o que agradecer a ele por todas as conquistas obtidas durante sua gestão”, disse Paludo antes de pedir uma salva de palmas.

Paludo comentou que os produtores do Paraná precisam fortalecer sua representatividade, já que estamos passando por um momento de incertezas no Brasil. “Agora mais do que nunca nós temos que nos dar a mãos para lutarmos pelo que for melhor para os produtores rurais. Vivemos uma situação delicada, mas isso deve ser um incentivo para nos unirmos ainda mais”, disse o presidente da comissão.

O diretor-secretário da FAEP, Livaldo Gemin, reforçou a necessidade de os produtores participarem da mobilização de seus sindicatos para unir forças. “Não sabemos a direção das coisas, mas salvador da pátria não existe. Em situações de indefinição como a que vivemos, a união faz a diferença e é preciso mais do que nunca termos a consciência disso”, comentou.

O consultor da FAEP Antonio Poloni enfatizou que esse momento de indecisão no mundo político e econômico do país exige uma atenção especial dos produtores. “O Brasil como um todo está tremendo, não sabemos o rumo que as coisas tomam. Nessa hora temos que apaziguar nossos círculos sociais e nos unirmos para atravessarmos a turbulência da melhor forma possível juntos”, aconselhou.

Debates

Ao longo do dia, os produtores fazem um panorama de como estão as principais culturas do Estado. Há ainda uma palestra com a coordenadora agrícola do Sistema FAEP, Ana Paula Kowalski, sobre a conjuntura do mercado de soja, com aspectos como preço, prêmios de exportação e sustentabilidade econômica da produção de grãos.


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site