Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar

Boletim Eletrônico

06 de Dezembro de 2017

Trigo e cevada poderão crescer mais


Descoberta sobre gene que aumenta a floração também tem a ver com as raízes das plantas

Pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, descobriram um gene chave que controla o tempo da floração em lavouras de trigo e cevada também direciona o crescimento da raiz das plantas.

O líder do projeto Dr. Lee Hickey, da Aliança por Inovação na Agrícola e Alimentação de Queensland, afirmou que a descoberta leva ao entendimento da genética do desenvolvimento da raiz e isso melhoraria a segurança alimentar ao permitir que os pesquisadores para criar cultivos que se adaptem melhorar a diferentes ambientes.

“Cevada e trigo são cultivos antigos e os humanos têm cultivado eles por milhares de anso”, disse o Dr. Hichey.

“Através dos anos, produtores e mais recentemente os criadores de plantas, fizeram um progresso significativo ao selecionar traços sobre o solo, mas ainda ignoraram a metade escondida das plantas – suas raízes. Nossa descoberta é que o gene VRN1, que regula a floração em trigo e cevada, também tem um papel fundamental na habilidade da planta em responder à gravidade e então direcionando o crescimento das raízes e determinando toda a forma do sistema radicular”, explicou.

Ele ainda disse que esse insight inesperado sobre as funções de abaixo do solo do gene VRN1 tem grandes implicações para otimizar os cereais, como variedades com sistemas radiculares melhorados que poderia melhorar radicalmente a produtividade.

“Uma variante particular do VRN1 em cevada, conhecida como Morex allele, simultaneamente induziu floração precoce e manteve um íngreme, barato e profundo sistema radicular”, concluiu.

A pesquisa contou com a colaboração de um grupo de alemães da Universidade Justus Liebig.


Mais Notícias

Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site