Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

25 de Maio de 2017

Brasil vai exportar material genético bovino para Argentina e Ruanda


O Brasil vai início à exportação de genes bovinos para dois novos mercados: Ruanda e Argentina. A informação foi divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que ainda negocia a exportação desse produto para Colômbia, Peru e Venezuela.

O acordo internacional prevê a exportação de sêmen e de embriões, graças à condição sanitária do rebanho brasileiro, ao melhoramento genético das raças e ao alto grau de tecnificação das centrais de coleta e de processamento de material genético bovino registradas no ministério. Os embarques do material só dependem das negociações comerciais.

Já o serviço sanitário da Argentina (Servicio Nacional de Sanidad y Calidad Agroalimentaria – Senasa) formalizou a aceitação do certificado, que possibilitará o comércio entre Brasil e Argentina de embriões bovinos in vitro.

A produção in vitro de embriões bovinos é uma tecnologia utilizada para aumentar a produtividade, por possibilitar a multiplicação rápida e o aumento do número de produtos oriundos de animais melhoradores de plantéis.

O Brasil é o maior produtor mundial e de referência no uso dessa técnica em bovinos e, por isso, tem buscado ampliar o número de mercados interessados em importar embriões in vitro. Já foram firmados acordos sanitários para exportação com o Paraguai, Bolívia e Uruguai.

Fonte: Universo Agro


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site