Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

09 de Novembro de 2020

Milho acompanha o dólar e recua na B3 nesta segunda-feira

A semana começa com os preços futuros do milho recuando na Bolsa Brasileira. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 1,35% e 2,13% por volta das 09h07 (horário de Brasília).

O vencimento novembro/20 era cotado à R$ 78,77 com ganho de 1,35%, o janeiro/21 valia R$ 78,80 com elevação de 1,87%, o março/21 era negociado por R$ 78,00 com valorização de 2,13% e o maio/21 tinha valor de R$ 74,40 com estabilidade.

As flutuações cambiais também começaram a segunda-feira (09) com o dólar perdendo força ante ao real. Por volta das 09h12 (horário de Brasília), a moeda americana caia 1,68% e era cotada à R$ 5,27.

Já os preços internacionais do milho futuro começaram o dia estáveis na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações máximas de 0,50 pontos por volta das 09h08 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/20 era cotado à US$ 4,07 com alta de 0,50 pontos, o março/21 valia US$ 4,14 com elevação de 0,50 pontos, o maio/21 era negociado por US$ 4,17 com estabilidade e o julho/21 tinha valor de US$ 4,20 com estabilidade.

Segundo informações da Agência Reuters, os contratos do cereal ficam próximos da estabilidade nesta segunda-feira em Chicago com grandes especuladores cortando suas posições longas líquidas nos futuros de milho.

“O mercado analisa ainda as perspectivas de oferta e demanda mensal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para ajustes nas exportações chinesas e perspectivas de safra global na terça-feira”, aponta Naveen Thunkral da Reuters Cingapura.

Fonte: Portal do Agronegócio 



Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site